Paredes em Transição

O movimento Paredes em Transição é uma rede de amigos que vivem na cidade de Paredes, no Norte de Portugal, que partilham a preocupação de que a debilitante dependência em combustíveis baratos de que a nossa sociedade e economia padecem – e que não está a receber a devida atenção dos vários governos, que parecem actuar na premissa de que o petróleo barato e abundante continuará por cá em perpetuidade – possa vir a resultar em graves e imprevisíveis problemas de que a tecnologia não conseguirá livrar-nos, e que poderão afectar muito negativamente o nosso futuro e o dos nossos filhos. Saiba mais no menu Projecto.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Programa do Curso de Design de Permacultura em Paredes

E heis o Programa do Curso em que o André e o Tiago andaram a trabalhar! Esperamos que vá ao encontro das expectativas de muitos!
Um abraço de Paredes!


Programa do Curso de Design de Permacultura em Paredes

Módulo 1. Introdução
·         Apresentações e introduções;
·         Expectativas e programa;
·         Levantamento dos conhecimentos existentes no grupo por sectores e técnicas;
·         O Processo de aprendizagem (espiral, mind maps, facilitação da aprendizagem, regras e conforto, objectivos individuais de aprendizagem, desafios, desenvolvimento integral, espiral dinâmica);
·         Ecologia Profunda;
·         O porquê da Permacultura;
·         O que é a Permacultura;
·         História da Permacultura;
·         A Permacultura hoje em Portugal e no Mundo;
·         A Ética na Permacultura;

Módulo 2. O Design de Permacultura
·         Os Princípios de Atitude e os Princípios de Design em Permacultura;
·         Métodos de Design (input-output, zonas, sectores, observação, OBREDIM (Observação; Fronteiras; Recursos; Avaliação; Design; Aplicação; Manutenção), SMART (específico, mensurável, atingível/realista, relevante, temporal.), SWOT, conexões aleatórias, fluxogramas, gestão de projectos, design incremental, investigação-acção, processo espiral, sistemas);
·         O design como uma estratégia para chegar a um objectivo em diferentes contextos (urbano-rural; climas; pessoal- institucional) com diferentes recursos e soluções apropriadas;
·         Exercícios de design: 1) Observação de 3 contextos de vida com análise de inputs-outputs e design de soluções em ciclo para todos os inputs externos e outputs poluição: Prédio + Vivenda + Quinta. 2) Design para a quinta do projecto TerraVerde; 3) Design de uma empresa/negócio 4) Design de uma varanda em Paredes; 5) Design para a escola onde decorrerá o curso

Módulo 3. Conceitos e Padrões
·         Compreender a Terra (do geral ao particular, padrões, biomas, climas, ecossistemas, oceanos e zonas costeiras, sucessão e evolução, ciclos, nichos, ecótonos, habitats, consociações, populações, humanidade);
·         Exercícios de Observação;

Módulo 4. Sectores, Técnicas, Tecnologias e Soluções Multifuncionais
·         Solo (produção e conservação de solo; movimentações de terra; rotações; construções com terra);
·         Agricultura (auto-suficiência e produção para venda; soluções com mínimo de manutenção);
·         Animais (pecuária, aquacultura, rotação, pasture cropping;
·         Floresta (jardins florestais, florestas multifuncionais, sistemas agro-silvo-pastoris, gestão florestal sustentável);
·         Água (soluções para o tratamento, conservação, armazenamento, consumo);
·         Alimentação (integração das necessidades de alimentação com o design);
·         Construção ecológica (construção em materiais naturais, construções vivas, construção com resíduos);
·         Energia (soluções para a produção, distribuição, conservação, redução e eficiência);
·         Transição e Comunidade (Bioregiões, Cidades, vilas, aldeias e bairros em Transição, sensibilização ambiental, visão, Dragon Dreaming, gestão de conflitos, Comunicação Não Violenta);
·         Economia e Dinheiro (Economia de mercado, economia ambiental, economia ecológica e economia da dádiva, fluxos económicos, investimento e estratégias financeiras);
·         Visita de campo para observação de técnicas e soluções.

Este módulo 4 não tem como objectivo demonstrar e explicar todas as técnicas em detalhe mas sim enuncia-las, explicar como funcionam, quais as suas vantagens e desvantagens em cada contexto e referenciar onde ir buscar a informação detalhada de como fazer. Desta forma o Designer de Permacultura poderá escolher qual solução aplicar em cada contexto e evitar os erros frequentes de aplicação de soluções inadequadas apenas porque são as mais comuns/baratas/fáceis ou mesmo porque surgem num livro de Permacultura.

4 comentários:

Rita Blimunda de Passarola Silva disse...

Olá! muito interessante o programa, quando se vai realizar o curso? Obrigada

Miguel Ângelo Leal disse...

Boa tarde, Rita.

O curso realizar-se-á entre 1 e 14 de Setembro, em Paredes.
Pode encontrar mais informação aqui: http://paredes-em-transicao.blogspot.pt/2012/06/um-curso-de-design-de-permacultura.html?showComment=1342195218474#c8438315573892070557

Ni disse...

Olá Miguel
Tenho, à partida, interesse em fazer este curso, mas tenho algumas questões a colocar. Como referem (no Módulo 4) que o objetivo não é demonstrar e explicar todas as técnicas referidas, gostaria de saber se se tratará de um curso fundamentalmente teórico ou se vamos ter oportunidade de "colocar a mão na massa". Coloco esta questão porque, leituras, vou-as fazendo sozinha, mas a concretização de soluções tem sido praticamente nula dada a falta de experiência. Outra questão é se na quinta aceitam animais, ou seja, se é possível levar um cão. Obrigada!
Daniela

Miguel Ângelo Leal disse...

Olá Ni,
Sim, vais meter a mão na terra". O que queremos dizer no fim é que neste módulo vai-se falar de tantas técnicas/componentes de um sistema de permacultura que nunca seria possível exemplificá-las todas!
E sim, podes trazer o teu cão, que não será o único.
Será bom se te puderes juntar a nós!
Pela equipa,
Miguel Leal