Paredes em Transição

O movimento Paredes em Transição é uma rede de amigos que vivem na cidade de Paredes, no Norte de Portugal, que partilham a preocupação de que a debilitante dependência em combustíveis baratos de que a nossa sociedade e economia padecem – e que não está a receber a devida atenção dos vários governos, que parecem actuar na premissa de que o petróleo barato e abundante continuará por cá em perpetuidade – possa vir a resultar em graves e imprevisíveis problemas de que a tecnologia não conseguirá livrar-nos, e que poderão afectar muito negativamente o nosso futuro e o dos nossos filhos. Saiba mais no menu Projecto.

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

A Vespa-asiática em Portugal e na Europa - Sessão de Esclarecimento


A vespa-asiática tem feito um bom trabalho a dispersar-se pelo território português, e a causar dores de cabeça a apicultores, bombeiros, cidadãos em geral.
Já chegou a Paredes, temo-la visto a alimentar-se de néctar nas flores de néctar e a caçar abelhas junto às nossas colmeias. Há dias, um amigo lamentava-se que a vespa-asiática lhe estava a dizimar as poucas colmeias que tinha, e que até tinha observado uma vespa que, tendo, já, capturado uma abelha, ainda agarrou mais outra, antes de voar rumo ao seu ninho.
Por enquanto, na nossa região, a pressão da Vespa velutina nigrithorax ainda não se faz de maneira preocupante, como já o faz no Minho, mas todos sabemos que, no próximo ano, a coisa será, certamente, pior. Muito pior!
Por esta razão, é importante sabermos o mais possível sobre esta espécie preocupante, e ficarmos a saber a quem, na nossa região, deveremos contactar quando detectarmos um ninho de vespa-asiática.
Paredes em Transição tem o prazer de anunciar a realização da sessão de esclarecimento "A Vespa-asiática em Portugal e na Europa".



Este evento informativo, co-organizado com a Câmara Municipal de Paredes, que contará com alguns especialistas sobre a Vespa velutina nigrithorax e a sua erradicação.
O José Grosso Silva (CIBIO) e o Miguel Maia (ApisMaia e APIMIL) falarão sobre a biologia, expansão e combate à espécie; o Marco Portocarrero (Caminha) e o Pedro Santos (Enxame d'Abelhas) falarão sobre a sua experiência na destruição de ninhos; o Ricardo Marques, da Quercus, falará sobre o impacto ambiental desta espécie exótica invasora; e, finalmente, o Miguel Rodrigues, da Câmara Municipal de Paredes falará sobre a presença e combate à vespa-asiática no Vale no Sousa.



O evento decorrerá no Sábado, 8 de Novembro, na Casa da Cultura da Câmara Municipal de Paredes; pelas 15h00 e é aberto a todos. Se tem interesse em conhecer melhor a vespa asiática, apareça!

2 comentários:

Bebethe Vanilla Duft disse...

O consenso em torno de toda informação a fim de eliminar essa ameaça às nossas pequeninas operárias é vital no combate eficaz e a proteção das abelhas se torna um dever patriótico.

manuela mendonca disse...

Boa tarde penso ter un ninho dessas vespas preciso de ajuda para o destruirem eu meu mail é cardiodentelda@gmail.com e o meu contacto 916135407 ou 223324036(emp)