Paredes em Transição

O movimento Paredes em Transição é uma rede de amigos que vivem na cidade de Paredes, no Norte de Portugal, que partilham a preocupação de que a debilitante dependência em combustíveis baratos de que a nossa sociedade e economia padecem – e que não está a receber a devida atenção dos vários governos, que parecem actuar na premissa de que o petróleo barato e abundante continuará por cá em perpetuidade – possa vir a resultar em graves e imprevisíveis problemas de que a tecnologia não conseguirá livrar-nos, e que poderão afectar muito negativamente o nosso futuro e o dos nossos filhos. Saiba mais no menu Projecto.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Construímos uma bomba de aríete

No Domingo de manhã, eu o Alberto Marimba, o Manuel Aguiar e o Rúben Carminé, membros do movimento Paredes em Transição, construímos e instalámos uma bomba de aríete (também conhecida como "carneiro hidráulico"), junto ao Açude do Camões, na Ribeira de Senteais, aqui em Paredes.
Esta bomba de água, baseada num sistema de tubagens, válvulas e vaso de expansão, permite elevar água de um ponto de captação para uma altura superior, sem recurso a combustível ou energia eléctrica. Este sistema pode ser usado em qualquer situação em que se possa instalar a bomba a pelo menos um metro abaixo do ponto de recolha da água.
A experiência traduziu-se num sucesso, e conseguimos bombear uma quantidade bastante razoável de água para uma altura de 4 metros acima do ponto de recolha de água.
Este foi o nosso primeiro protótipo, o primeiro de muitos que, esperamos, nascerão aqui na zona do Vale do Sousa, tornando a captação de água mais sustentável, e contribuindo para o incremento da resiliência da nossa comunidade. A instalação do primeiro sistema permanente já está agendada :-)



2 comentários:

Zé Miguel Gomes disse...

Espectacular, simples... Muito interessante!

Xamir disse...

consegue entrar em contacto para o meu email, pedroxnz@gmail.com, apenas para esclarecer uns detalhes nas peças? obrigado