Paredes em Transição

O movimento Paredes em Transição é uma rede de amigos que vivem na cidade de Paredes, no Norte de Portugal, que partilham a preocupação de que a debilitante dependência em combustíveis baratos de que a nossa sociedade e economia padecem – e que não está a receber a devida atenção dos vários governos, que parecem actuar na premissa de que o petróleo barato e abundante continuará por cá em perpetuidade – possa vir a resultar em graves e imprevisíveis problemas de que a tecnologia não conseguirá livrar-nos, e que poderão afectar muito negativamente o nosso futuro e o dos nossos filhos. Saiba mais no menu Projecto.

domingo, 28 de novembro de 2010

Sábado em Transição em Telheiras

Foi um Sábado excepcional, este organizado pela Iniciativa de Transição de Telheiras. Um conjunto de eventos muito completo, que contou com a construção colectiva de uma espiral de ervas aromáticas (mais sobre espirais de ervas aromáticas aqui e aqui), uma conversa sobre permacultura com o David Avelar e uma tertúlia sobre o movimento Cidades em Transição, facilitado pelo João Leitão, do movimento Pombal em Transição, e que contou na mesa com o Filipe Matos e o Tiago Botelho, de Telheiras, e comigo.
A construção da espiral mobilizou uma quantidade de miúdos e graúdos que não hesitaram em meter as mãos na terra, e contou com a orientação competente do Tiago Silva (abaixo), que mostrou perceber bem do que estava a fazer. Tiro-lhe o meu chapéu.






O melhor de tudo foi que ainda deu para encontrar alguns amigos que já não via há algum tempo. 
O Mário Almeida.

O Nuno Moreira.



A tertúlia atraiu cerca de 60 pessoas, e contou com excelentes intervenções por parte do público. 



Um momento alto desta tertúlia foi a apresentação que o João fez sobre o conjunto de problemas que levou ao aparecimento do movimento Cidades em Transição.


Penso que conseguimos fazer passar a mensagem, e estou confiante que novas iniciativas na área da Grande Lisboa irão nascer no seguimento deste evento. Para os colegas de Telheiras, será mais uma responsabilidade! Parabéns e obrigado pelo convite que me fizeram!


A espiral de ervas aromáticas, ao sol da manhã do dia seguinte. Nada mau!


A reunião de trabalho que, hoje de manhã, juntou representantes de alguns movimentos de Transição (Paredes, Pombal, Telheiras e Portalegre) mais o Mark Dekens no largo no exterior da sede da Associação de Residentes de Telheiras (ART). Mais notícias num futuro próximo!


Ainda deu para ver umas quantas hortas em telheiras que o Mário Almeida fez questão em me mostrar. Obrigado!

3 comentários:

GREEN PERSON disse...

Um dia fabuloso e puro companheirismo e de tertúlia ecológica intensa!!!

Parabéns Telheiras!!

João disse...

Muito bem Telheiras!... Estão a trabalhar a sério!... Parabéns.

Miguel Ângelo Leal disse...

É literalmente juntar o útil ao agradável. É preciso continuar a fazer passar a palavra! Força Telheiras!