Paredes em Transição

O movimento Paredes em Transição é uma rede de amigos que vivem na cidade de Paredes, no Norte de Portugal, que partilham a preocupação de que a debilitante dependência em combustíveis baratos de que a nossa sociedade e economia padecem – e que não está a receber a devida atenção dos vários governos, que parecem actuar na premissa de que o petróleo barato e abundante continuará por cá em perpetuidade – possa vir a resultar em graves e imprevisíveis problemas de que a tecnologia não conseguirá livrar-nos, e que poderão afectar muito negativamente o nosso futuro e o dos nossos filhos. Saiba mais no menu Projecto.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Exibição do filme Home. O Mundo é a Nossa Casa

Em Paredes e em Portalegre

Caros amigos,
Vivemos tempos extraordinários. A Terra, o planeta que é a nossa casa, está em dificuldades e a responsabilidade é nossa. Resta-nos pouco tempo para mudarmos o modo como vivemos e contrariarmos esta caminhada para o abismo.
O movimento Paredes em Transição convida-vos a virem juntar-se a nós na Casa da Cultura de Paredes, no dia 29 de Janeiro pelas 21:00 horas, para assistir à exibição do filme Home – o Mundo é a Nossa Casa.

Realizado pelo fotógrafo francês Yann Arthus-Bertrand, famoso pelas suas marcantes imagens do Planeta visto do céu, Home é um dos mais aclamados filmes documentários dos últimos tempos.
A entrada é livre, e haverá um evento paralelo para crianças, na Sala Multiusos.


Este filme será, igualmente, exibido pelos nossos colegas do movimento Portalegre em Transição, no Pequeno auditório do Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre, pelas 16:00 e igualmente com ENTRADA GRATUITA. 
Mais sobre a exibição de Portalegre aqui.

Agradecemos aos produtores e à ZON-Lusomundo, distribuidora em Portugal, a possibilidade de exibirmos esta obra. Agradecemos, igualmente, à Câmara Municipal de Paredes pela disponibilização dos espaços de por todo o apoio que nos estão a prestar.



2 comentários:

Xana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Xana disse...

Aproveito para lembrar que haverá serviço de acompanhamento das crianças... para que os papás possam desfrutar do filme calmamente! E não as levaremos para a discoteca, respirem fundo! Estarão confortavelmente ocupadas com variadas actividades (devidamente pensadas e planeadas) no mesmo recinto que os seus progenitores... numa outra sala da Casa da Cultura!
Por isso, bom filme para todos... E cumprimentos em transição